O drama e os personagens de This is Us

Estamos acostumados com séries de TV focadas em conteúdo cheio de fantasias, ficção científica e dramas forçados e cansativos.

Pode-se até dizer que séries de outro tipo não têm o mesmo sucesso que as desse gênero. This is Us, produzida pela NBC e criada por Dan Fogelman, mostra que o foco na história de uma simples família pode ser tão interessante quanto um super-herói ou, até mesmo, um dragão.

A série se passa em linhas temporais distintas – diferentes relances do passado e presente – e acompanha a vida do casal Jack (Milo Ventimiglia) e Rebecca Pearson (Mandy Moore). O episódio Piloto (primeiro episódio da série) tem 45 minutos de muita maestria e emoção e mostra as vidas de Kate, Kevin e Randall. Os três são irmãos e nasceram no mesmo dia, porém em circunstâncias diferentes.

Para entender melhor, vou dividir e falar de cada personagem.

Jack e Rebecca

Pode-se dizer que Jack e Rebecca são o casal que todo mundo acha incrível, e sonha em ter um relacionamento como o deles. O foco nos pombinhos é apenas visto na linha temporal do passado, pois no presente, Jack está morto (não é spoiler). De início vemos Rebecca grávida dos trigêmeos e a animação dela e de Jack para a chegada dos bebês, que são concebidos no dia do aniversário de Jack.

Uma complicação no parto faz com que o terceiro bebê não sobreviva, o que causa muita dor ao casal, porém Jack consegue aliviar essa dor adotando Randall, um bebê que também nasceu no mesmo dia e foi abandonado, mas isso eu darei mais enfoque na parte do próprio Randall.

Como nem tudo são flores, o casal Pearson sofre com algumas brigas e complicações. Jack tem problemas com bebida, e Rebecca tenta a carreira de cantora, mas não é tão apoiada pelo marido.

Com brigas ou não, Jack e Rebecca são personagem cativantes e que têm muito a ensinar. Com certeza você vai se apaixonar pelos dois.

The Big Three

1. Kevin

Kevin Pearson foi o primeiro dos trigêmeos a nascer, por isso é chamado de “Número Um” e ele aparece tanto no passado quanto no presente.

Kevin, quando criança, é mostrado como um garoto muito popular e que consegue o que quer. Ele é o melhor no time de futebol da escola, porém após um acidente em campo, ficou impossibilitado de continuar jogando. Devido a isso, quando mostrado no presente, Kevin leva a vida de ator, trabalhando numa série de comédia bem conhecida, apesar de não satisfazer os desejos e as ambições dele.

Provavelmente, Kevin é o personagem mais difícil e incompreendido da série, sendo assim complicado de se criar empatia com ele. Entretanto, o oitavo episódio da segunda temporada é totalmente focado nele; você poderá conhecer toda a trajetória e todos os problemas que o atormentam.

2. Kate

Um dos primeiros impactos é uma atriz gorda como protagonista de uma série. Sim, Kate é obesa e passa por diversos problemas de aceitação. Ela tenta lutar para se encaixar nos padrões impostos pela sociedade, sofrendo com isso.

Kate gosta de música, assim como a mãe, e tenta seguir a vida com isso. Quando ela conhece Toby (Chris Sullivan), seu parceiro amoroso, dúvidas surgem a respeito se ela é ou não suficiente para ele. Então, passa a frequentar terapias grupais, dessa forma, consegue levar a sua vida.

É uma personagem cheia de luz, mesmo com todos os problemas. E teve o nono episódio da segunda temporada focado nela (um dos mais tristes da série, btw).

3. Randall

Como já havia dito, Randall não é filho biológico de Jack e Rebecca, foi adotado pelos dois pois tinha sido abandonado e levado ao hospital em que o casal estava com os outros dois filhos.

Randall é negro, tornando-o o “diferente” da família adotiva, uma vez que são todos caucasianos. Os lances do passado mostram que, quando crianças, até mesmo seus irmãos o tratavam de maneira diferente. Na escola, todos falavam que ele não pertencia a ali, mas não foi isso que afetou o desempenho de Randall. Ele sempre foi muito inteligente e por isso conseguiu a faculdade e o emprego dos sonhos.

Ele é o único que já tem uma família formada – sua esposa Beth e duas filhas. Por ter sido adotado e recebido muito amor de sua família adotiva, Randall também tem o sonho de adotar outra criança. Outro dilema na história de Randall é sua busca por saber quem são seus pais biológicos, algo também explorado pela série. O episódio por ele protagonizado foi o décimo da segunda temporada, sendo o último antes do hiatus.

O mais interessante na série é como todos os episódios conseguem ser brilhantes e cheios de emoção, sem serem cansativos ou sem um núcleo bem desenvolvido. Talvez seja por isso que, mesmo com um tema tão simples, This is Us tenha alcançado tanto sucesso, inclusive sendo indicada a diversos prêmios em homenagens super importantes. A série volta do hiatus em 9 de janeiro de 2018, para finalizar a segunda temporada, e já está renovada para uma terceira.

Corre que ainda dá tempo de finalizar o ano vendo uma série maravilhosa e cheia de ensinamentos!

Etiquetas