Este é o motivo pelo qual Vegeta não tentou conquistar a galaxia após a morte de Goku do Futuro em Dragon Ball Z

Vegeta foi um dos vilões mais icônicos de toda a série Dragon Ball, sendo uma perfeita mistura de vilão maligno, poderoso e arrogante e uma conversão perfeita para os Guerreiros Z.

Na série que acompanhamos, Vegeta fica “na linha” após todo o combate em Namek, vivendo na Terra e eventualmente ajudando os Guerreiros Z a enfrentarem as ameaças dos Androides, Cell, Majin Buu, etc.

A única razão para Vegeta se comportar foi seu grande desejo de superar seu rival Kakaroto. Mas na linha do tempo onde Goku morreu devido a uma doença cardíaca, o que motivou Vegeta a continuar na Terra ao invés de perseguir seus objetivos egoístas de imortalidade e conquista galática, de quando ele ainda era um vilão?

A verdadeira razão é que Goku mudou todo a visão de mundo de Vegeta. Ao mesmo tempo que mostrou que Vegeta era realmente membro de uma raça incrivelmente poderosa e sem limites, mostrou que ele não era o auge dessa raça. Nada mais importava para Vegeta do que superar Goku e se tornar não o guerreiros mais poderoso, mas o Saiyajin mais poderoso.

A recaída que Vegeta teve para o lado do mal durante a Saga Buu foi inteiramente motivada pela ausência de Kakaroto e sua vontade de se provar como o Príncipe dos Saiyajins (por mais que só tivessem uma duzia de possíveis “súditos”).

Quando Goku morreu ao final da Saga Cell, a vida de Vegeta ficou sem propósito, com ele inclusive afirmando que não lutaria mais, uma vez que foi superado por pai e filho e Goku morreu para salvar a todos, inclusive o próprio Vegeta.

Por fim, no tempo em que ficou na Terra, Vegeta se envolveu amorosamente com Bulma e teve um filho. E por mais que ele seja duro e não mostre sentimentos, sabemos que Vegeta ama sua família, como demonstrou em sua tentativa final de matar Majin Buu e também ao enfrentar Beerus quando ele ameaçou a vida de Bulma.

Ele até topou lutar ao lado de Freeza, a criatura que ele mais desgosta na face do Universo, sob o pretexto de salvar todos que amavam da destruição no Torneio de Poder.

Não apenas ele não tem mais motivos para destruir tudo, agora ele tem motivos para proteger tudo. E é por isso que Vegeta deixou de ser um vilão para se tornar um anti-herói.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.