Disney fecha acordo com a 21st Century Fox

Não é de hoje que os fãs sonham com o retorno dos X-Men ao seu antigo lar.

Rever os heróis dos quadrinhos voltando para a Marvel e o anúncio da Disney nesta quinta-feira (14) tornou esse sonho real, além de uma possibilidade maior de contemplar todos os heróis reunidos nos cinemas.

A mais recente aquisição da Disney rendeu mais um adiamento à aposentadoria do presidente-executivo, Robert Iger, para 2021, depois de anos em meio aos planos de adquirir outras empresas no ramo do entretenimento, como a Pixar, em 2006, por um total de US$ 7,4 bilhões; a Marvel, em 2009, por US$ 4,2 bilhões; e a produtora responsável pela saga Star Wars, Lucasfilm, pelo total de US$ 4 bilhões.

Robert A. Iger, presidente e CEO da The Walt Disney Company (à esquerda), e Rupert Murdoch (à direita), dono do 21st Century Fox.

E, nesta quinta-feira, a Disney fechou mais um negócio bilionário por US$ 52,4 bilhões em ações retendo parte da 21st Century Fox.

Confira a lista de algumas das novas aquisições da Disney:

Franquias

X-Men Quarteto Fantástico Deadpool Avatar Titanic Planeta dos Macacos Era do Gelo The Simpsons Modern Family Homeland The Americans American Horror Story Empire This is Us

Canais e serviços

FX Networks 20th Century Fox Television National Geographic Fox Sports Regional Networks Fox Networks Group International Star India Serviço de streaming Hulu (controladora) Sky plc Tata Sky Endemol Shine Group

A Disney também assumirá dívidas da FOX, sendo um valor total de US$ 13,7 bilhões, elevando o preço para US$ 66,7 bilhões.

Ainda não é possível saber quanto a perspectiva dos heróis como X-Men e Deadpool, mas as maiores especulações por parte dos fãs de finalmente poder assistir nos cinemas todos os super heróis reunidos em filmes futuros da Marvel.

Etiquetas