Afinal, o que aconteceu com a Lua após Piccolo destruí-la no começo de Dragon Ball Z

A raça guerreira dos Saiyajins de Dragon Ball Z é cheia de vantagens evolutivas que condicionam sua espécie para a conquista e batalha intergalática. Eles se tornam muito mais poderosos após sobreviver um encontro com a morte, eles podem se transformar para aumentar seu poder e, como aprendemos no clássico Dragon Ball, podem se tornar macacos gigantes com poderes 10x maiores do que os de sua forma comum.

Essa forma Oozaru é atingida involuntariamente após o Saiyajin ter contato com raios blutz (energia que emana de corpos celestiais refletindo a luz do Sol). No caso de Goku, a Lua Cheia tinha o efeito de o transformar em um Oozaru alucinado que destrói tudo em seu caminho.

Uma solução para esse problema é cortar o rabo do Saiyajin – o que instantaneamente e permanentemente encerra a transformação. Outra solução, essa um pouco mais radical, é destruir o corpo celeste que está enviando os raios blutz.

Coisa que Piccolo fez para lidar com a transformação de Gohan no começo de Dragon Ball Z.

O problema é que a Terra estaria em péssimos lençois sem a Lua, já que a influência desse satélite é vital para o funcionamento de um monte de coisa importante por aqui, como por exemplo o movimento das marés do oceano.

Na verdade, essa nem foi a primeira vez que a lua foi destruída em Dragon Ball. Jackie Chun (Mestre Kame em disfarce) foi obrigado a destruir a Lua para impedir Goku de se tornar um Macaco Gigante Doidão.

Como a Lua de Dragon Ball Z foi reconstruída

Mas afinal, como a Lua voltou nesses dois casos? Akira Toriyama é um mangaká famoso por esquecer de algumas coisas que ele mesmo escreveu e criou (como a habilidade de Piccolo de estender os membros ou a personagem Launch). Foi isso? Toriyama esqueceu que destruiu a Lua DUAS vezes?

Provavelmente sim. Mas ele tratou de dar um motivo dentro do universo: Kami-Sama refez a Lua nessas duas vezes.

Durante o 23º Torneio de Artes Marciais, com a introdução de Goku adulto na série, Yamcha e Kuririn perguntaram sobre a ausência do rabo do herói.

Goku responde que Kami-Sama precisava restaurar a Lua e que, de uma forma que ele não entendia, o rabo dele era um empecilho – o que obviamente se refere ao fato dele se transformar em Macaco Gigante e obrigar outras pessoas a destruírem a Lua.

Provavelmente Kami-Sama, ainda em seu posto de Guardião da Terra, restaurou a Lua nessas duas vezes, utilizando seus poderes místicos ou talvez até as Esferas do Dragão.

Dragon Ball Super encontra-se em hiato no momento. O anime encerrou em março de 2018 com o fim do Torneio do Poder.

Atualmente, a história continua no mangá, além do filme Dragon Ball Super: Broly lançado no começo do ano e também de um novo filme que está em estágio inicial de produção pela Toei.

O anime pode ser acompanhado na íntegra no Crunchyroll, no seu idioma original com legendas em português.